Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

interromper [num abraço ao sapo]

... só o Sapo me faria tornar aqui neste descansado mês de Agosto... Obrigada, amigos, pelo destaque. Que escaldão de alegria! Partilho-o com quem tem passado por este ponto... Um agradecimento especial para o João Palmela.

 

 

 


16 comentários:
De umbreveolhar a 3 de Agosto de 2009 às 20:35
Olá Amiga Paola,
Compartilho da tua satisfação devido ao facto do teu Blog estar nos destaques do Sapo.
É de inteira justiça e neste caso os critérios de avaliação foram justos. Parabéns, minha Amiga!
Cumprimentos do Amigo,
Carlos Alberto Borges

 


De Paola a 3 de Agosto de 2009 às 20:39
Obrigada, amigo. Por estares sempre aí...

Bjo


De Jorge Soares a 3 de Agosto de 2009 às 21:03
Olá


Já não era sem tempo... um destaque mais que merecido.


Beijinho
Jorge


De Paola a 3 de Agosto de 2009 às 21:08
Ai, amigo, como és gentil!!

Obrigada por estares sempre aí...

Bjo


De jabeiteslp a 3 de Agosto de 2009 às 21:50
parabens e
xoxo no escaldão...

beijinhos


De Paola a 3 de Agosto de 2009 às 21:59
Um jinho doce para ti... por estares sempre por aí...

Obrigada


De jabeiteslp a 3 de Agosto de 2009 às 22:28


De Graça a 3 de Agosto de 2009 às 22:04
Eu destaco-te todos os dias...


Beijos muito meus


De Paola a 3 de Agosto de 2009 às 22:15
Isso sei eu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijo. Abraçado.


De Nilson Barcelli a 10 de Agosto de 2009 às 17:04
O teu ego ficou inchadinho...
Parabéns querida amiga.
E continuação de boas férias.
Beijo.


De Paola a 10 de Agosto de 2009 às 17:20
Nem cabe aqui...

Beijo, querido amigo.


De Eduardo Aleixo a 13 de Agosto de 2009 às 21:41

Parabéns pelo teu lindo blog. É um blogue esbelto. Gracioso. Merece todos os regaços do mundo. Afagos.
Sussurros de brisa. Acenos de esperança. Sorrisos de sol.  É este o recado dos pássaros que cantam À Beire de Água. Até daqui a uns tempos, que mereço ir pelas águas acima em direcção ao mar largo...


De Paola a 14 de Agosto de 2009 às 00:57
À beira d'água, a brisa sussura-me passeios no areal... e eu gosto tanto que vou com ela... e pela mão, levo a saudade... e vou serenar no regaço do mar... são afagos de espuma... beijos de Sol...

Obrigada, meu amiga, pelas tuas generosas palavras.
Tem umas admiráveis férias... e enrola-te no mar...

Beijo


De Anónimo reticências a 14 de Agosto de 2009 às 10:38
Obrigao. No mar ando eu sempre enrolado. Mas vou ficar mais enroladinho. Bj


De Graça a 14 de Agosto de 2009 às 20:10
Amiga,


levo as tuas gargalhadas comigo... levo as lágrimas de tanto rir... levo-te para o meu paraíso... e volto, um dia destes, para mais conversas no reviver das nossas memórias.




Um beijo muito meu,  [e vai regando a minha plantinha :)]


De Paola a 14 de Agosto de 2009 às 20:27
Vai... e volta, minha amiga. Que o teu pararíso seja no meu a aguarela que me nutre...

Beijo. Abraçado. Assim.


Comentar post

Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape "Douce l'éternité qui coule des fontaines/ Au printemps quand le vent dissipe les brouillards/ Douce la porte ouverte à l'ombre du grand chêne/ Et douce son odeur dans la soie d'un foulard."

pontos recentes

Ontem [Como se fosse já]

Desacerto [desabafo de um...

A outra margem [restauro ...

Oportunidade

Palavras pequeninas [E cr...

O rio

Sardinheiras

No lado contrário

Gola de laço

A conversa das canções [a...

Convento de Jesus [no tem...

Água do rio

Pelo caminho [as cegonhas...

No tacho [da minha infân...

Memória

RSS

outros pontos

Admiro-me... só por olhar!

Locations of visitors to this page

Pesquisar neste blog

 

Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


blogs SAPO

últimos comentários

A "fonte" é dada a narrativas extraordinárias...
Pois é...
Sabes uma coisa "pequenina"? Continuas a escrever ...
Por vezes, é assim...
Escrita poética Gostei.
Pois, sabe bem ler as tuas palavras... saudade.
Que lindo!! Como sempre, uma escrita deliciosa...U...
Bela e feliz noite de Natal Bonita
Pena que um piropo teu...não seja um bom diaaqui ...