Terça-feira, 19 de Agosto de 2008

saltar

 

Admirei-me porque vi. Extraordinariamente. Admiração feita de emoção, de assombro, de respeito. Pela determinação. Yelena acreditou que conseguia superar-se. Sentiu-se bicho na certeza de ser gente. Ela fitou a barra a 5.05 metros. Mediu-lhe a altura. Espreitou o céu. E sonhou alto. Pediu palmas que rasgassem os limites e saltassem para o inesperada. Ela quis que todos vissem que querer é muito. Que a força humana reside no desejo de ter força.

 

 Admirei-me quando Yelena pôs os olhos esverdeados na vara e a acariciou. E ela sorriu com flexibilidade e disse que sim. Admirável cumplicidade! Não por ter superado o recorde mundial. Não por ser medalha de ouro. Não por ser uma atleta com sucessos. Admirei-me pelo olhar. Vi-a acreditar e pular. Na verticalidade da vara, Yelena voou. E o bruaá que se ouviu no estádio impediu a alma de Yelena de o galgar. De Yelena Isinbayeva. Individualmente.

 
E faz-se condição procurar o Sol. Levantar os olhos e acreditar.

 


Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]

pontos recentes

Ontem [Como se fosse já]

Desacerto [desabafo de um...

A outra margem [restauro ...

Oportunidade

Palavras pequeninas [E cr...

O rio

Sardinheiras

No lado contrário

Gola de laço

A conversa das canções [a...

Convento de Jesus [no tem...

Água do rio

Pelo caminho [as cegonhas...

No tacho [da minha infân...

Memória

RSS

outros pontos

Admiro-me... só por olhar!

Pesquisar neste blog

 

Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

últimos comentários

Gostaria de saber se vcs mandar mudas de margarida...
A "fonte" é dada a narrativas extraordinárias...
Pois é...
Sabes uma coisa "pequenina"? Continuas a escrever ...
Por vezes, é assim...
Escrita poética Gostei.
Pois, sabe bem ler as tuas palavras... saudade.
Que lindo!! Como sempre, uma escrita deliciosa...U...
Em destaque no SAPO Blogs
pub