Sábado, 31 de Janeiro de 2009

desafiar

  diálogos virtuais

 

 

 

 

 Desafiou, está desafiado. Aceito por uma vez! Um Breve Olhar envolveu-me nesta teia, depois veio a Sónia... Impecadora me confesso, na ignorância do pecado.

 

  

Gula - Alimento-me sem correr atrás do comer... Há importâncias maiores sempre que a fome não atrapalha a decisão. Às vezes esqueço-me... ou escoa-se o tempo...

 

Avareza - Como eu lamento não ter mais para dar... Na certeza que a minha individualidade não se esgota no acto de dar...

 

Inveja - Invejo todos os têm voado para longe da senhora ministra...

 

Ira - É condição a mim que sou... reajo porque me admiro.  Às vezes arrependo-me, outras não.

 

Soberba/ orgulho - Pobre do ser humano que perca a capacidade de se orgulhar! Soberba é outra coisa. Dessa não gosto.

 

Luxúria - Dou-me quando me dou. Tão-somente isso.

 

Preguiça -  Naturalmente!

Ai que prazer
não cumprir um dever.
Ter um livro para ler
e não o fazer!

 

Vamos lá confessar!

 

GV - http://gmv-teatrices.blogspot.com/

JS - http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/

Sininho - http://jardimsegredos.blogspot.com/

Cigana - http://trazoutroamigotambem.blogs.sapo.pt/

Ausenda - http://poemas76.blogs.sapo.pt/

Pessoinha  http://riscos_e_rabiscos.blogs.sapo.pt/

 Professorinha - http://aprofessorinha.blogspot.com/

 

 

Regras do desafio:

 

  -    Revelar a nossa relação com os sete pecados capitais

 

  -     Nomear outros blogs para  também responderem ao desafio

 

Imagem da Internet


13 comentários:
De sininho a 31 de Janeiro de 2009 às 23:53
oi oi ...eu vou confessar...:) jinhos


De Paola a 31 de Janeiro de 2009 às 23:54
Acho muito bem! Então começa...

Jinhos


De jabeiteslp a 1 de Fevereiro de 2009 às 00:10

no bom de passar por aqui
onde um sorriso presente
é sempre...


bom domingo da Covilhã
e beijinho


De Paola a 1 de Fevereiro de 2009 às 00:12
É isso... Com este temporal, só se pode mesmo brincar...

Beijinhos


De jabeiteslp a 1 de Fevereiro de 2009 às 00:21

beijinho


De cigana a 1 de Fevereiro de 2009 às 00:13
Desculpa, tenho por lema não entrar em correntes, por isso vou aqui responder rapidamente, sem cumprir as outras regras.
Gula e Ira, pecadora me confesso, são os meus grandes pecados.
Avareza, inveja e soberba não têm nadinha a ver comigo.
Luxúria, todos temos o direito de nos dar a esse luxo!
Preguiça, é conforme. Sou um furacão em matéria de trabalho, mas não me peçam para ir fazer ginástica ou caminhadas!


De Paola a 1 de Fevereiro de 2009 às 00:36
Como eu te comprendo! Obrigada, mesmo assim. É só para afastar o temporal...

Grande domingo para ti.


De GMV a 1 de Fevereiro de 2009 às 01:21
Tu sabes o quanto eu gosto de responder a estes desafios?????

Será pecado se não o fizer???

Será pecado fazer, não crendo nos ditos???

Bem, pecadora me confesso.

Na Gula, pelo G de Graça; na Avareza, só pelo A de Amizade; na Ira, pelo I de Imaginação; na Inveja, pelo I de Ilusão; na Soberba, pelo S de Sonho; na Luxúria, pelo L de Lisboa - mesmo no temporal; na Preguiça, pelo P de Portugal...

Agora vou... e obrigada por me desafiares, sem luva, nem escolha de armas.

Beijos meus e muitos


De Paola a 1 de Fevereiro de 2009 às 10:51
Não tinhas que pecar, amiga. Não tinhas! Agora sinto que pequei por te obrigar a pecar...


Beijos abraçados


De Jorge Soares a 1 de Fevereiro de 2009 às 17:05
Olá

Bolas.... e é preciso eu confessar-me?

Tinha decidido há uns tempos que não ia publicar mais desafios.... agora não sei....estou a dever prémios, desafios, agradecimentos... a mia blogosfera.... tenho memso que pensar em fazer um post...

Obrigado por te lembrares de mim.

Jorge


De Paola a 1 de Fevereiro de 2009 às 17:20
Também eu, amigo, também eu! Por causa do temporal cedi... Uma vez por outra, nem faz mal!

Beijinho


De Miss Pepper a 1 de Fevereiro de 2009 às 22:29
Olá Paola!

Por acaso já fiz este desafio mas agradeço-te teres-te lembrado de mim. Aproveita para leres as doidices que escrevi no desafio.

Uma beijoka


De Paola a 1 de Fevereiro de 2009 às 22:33
Pois que vou espreitar...

Boa semana e beijinhos


Comentar post

Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]

pontos recentes

Ontem [Como se fosse já]

Desacerto [desabafo de um...

A outra margem [restauro ...

Oportunidade

Palavras pequeninas [E cr...

O rio

Sardinheiras

No lado contrário

Gola de laço

A conversa das canções [a...

Convento de Jesus [no tem...

Água do rio

Pelo caminho [as cegonhas...

No tacho [da minha infân...

Memória

RSS

outros pontos

Admiro-me... só por olhar!

Pesquisar neste blog

 

Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

últimos comentários

Gostaria de saber se vcs mandar mudas de margarida...
A "fonte" é dada a narrativas extraordinárias...
Pois é...
Sabes uma coisa "pequenina"? Continuas a escrever ...
Por vezes, é assim...
Escrita poética Gostei.
Pois, sabe bem ler as tuas palavras... saudade.
Que lindo!! Como sempre, uma escrita deliciosa...U...
Em destaque no SAPO Blogs
pub