Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

evolucionar

macacadas II

 

Sempre que sou presenteada com um insulto embrulhado, não gosto. Isto de ser filha de boa gente obriga à reacção. Eu sei que sou um animal. É verdade! E daí? Não gosto que mo lembrem. Animal! Depois, sorriem  num benevolente e erudito esgar, crescentando que sou racional. E que importância tem o adjectivo? Animal!?...

 
Depois, ponho-me a pensar no despropósito do epíteto. Se sobrevivo é porque me adaptei. Lutei e venci. Naturalmente. Animal, eu? Imagino que aos símios não encante a confrontação. Nem estranho que, numa estridente grincharia, recusem a humana comparação.
 
Depois, olho para trás na procura de mim. Credo! Que macacada!! E não sei qual me fez assim. E pensar que tenho vivido na fantasia de ser condição humana! Que primata me engendrou a mim?
 
Depois, desejo na vontade de querer. Que os meus filhos tenha feito ágeis e velozes, por uma questão de sobrevivência. Que os seus membros, mesmo que a outros semelhantes, os façam andar na terra. A baleia é que sabe nadar. E que se cumpra a lógica da evolução nos filhos dos meus filhos, então.
 
Animal, eu? Que seja! Assim como assim, até gosto de amendoins.  
 
 
imagem da internet
 

15 comentários:
De Rosa a 12 de Fevereiro de 2009 às 13:04
POis cá pra mim, muitos animais é que se deviam sentir ofendidos com a comparação que fazem de certas gentes com eles!
Jinho


De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 13:08
Eu também acho... E no caso do macaco a coisa ainda é mais grave... anda para aí muita gente a fazer macacadas...

Beijinho


De GMV a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:55
Há para aí muita macacada sim... saltando de galho em galho, sem nunca compreender a árvore!


Beijos meus no teu SER que eu adoro! (mesmo quando comes bananas :))


De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:10
Bananas, sim senhora! A origem asim o exige. E nesta efeméride darwiniana , nada me sabe melhor!

Beijo abraçado aos teus caracóis

Grandioso fim-de-semana


De jabeiteslp a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:15

incondicionalmente
pois não sei que escrever
imparável é o que tu és
do acto que me fez rir ao ler
e reler...

eu vou mais pás lerenjes...

beijinhos da Covilhã
e um bom dia para um grande fim de semana
que se aproxima...


De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:23
Ainda bem que riste! Mas a verdade, se Darwin tiver razão, é também há um macaco dentro de ti!!!! E que anda para aí muita gente a fazer macacadas, lá isso anda ... Adoro laranjas, só que as bananas são mais "higiénicas" no comer...

Beijinhos


De jabeiteslp a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:36

eu tópo
pra estes lados tambem andam macacadas
mas indo ao Darwin
prefiro pensar
que alguns fugiram de um aparelho extra-terrestre
e de tal serem castigados pelo Mestre...

aaaaaah não não
já estive em Africa
e não sou nada parecido com os primatas
embora seja bom escalador etc...
brinco

beijinho



De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:41
Eu acredito na evolução das espécies... portanto tenho cá a minha parte! Não sei é onde... talvez no gosto pelas bananas e por tanto gostar de rir... das macacadas, claro!

Beijinho


De jabeiteslp a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:53


o que posso dizer
é que nestes ultimos posts
se nota o teu lado feliz
e estás
repito, imparável
ao melhor de ti inegualável...

beijinhos






De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:58
Divirto-me com as palavras... vou atrás delas. Umas riem, outras choram... Nem sempre sou eu que se diz. São elas!

Garanto que se não fosse a minha patroa eu era muito mais feliz!!!

Beijinho


De jabeiteslp a 12 de Fevereiro de 2009 às 23:07

percebo
aquela dos "fados"....

gostava de ler um livro teu
acredita

beijinho grande


De Jorge Soares a 12 de Fevereiro de 2009 às 23:17
Amiga.... este foi dificil..... o que vale é a musica, enquanto nos deixamos levar por ela... voltamos a ler.... mas foi dificil...

Pronto... não percebi nada... até que li os comentários e fez-se luz... na evolução :-)

Cuidado com as bananas... que engordam.

beijinho
Jorge


De Paola a 12 de Fevereiro de 2009 às 23:26
Andas distraído, com as velharias... Depois nem te lembras do nosso amigo Charles Darwin. Amigo, pois então! Fez-nos todos primos e ainda nos deu uma costela de primata... falo da evolução das espécies, amigo. Vê tu em que nos transformámos!!!!

Beijinhos


De Jorge Soares a 12 de Fevereiro de 2009 às 23:40
O pior... é que passei o dia a ouvir falar do homem...

Tenho que voltar às velharias.... dão umas fotografias giras!




De Paola a 13 de Fevereiro de 2009 às 16:19
Não se falou de outra coisa!! Adorei as tuas fotos e as velharias...

Beijinho


Comentar post

Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]

pontos recentes

Ontem [Como se fosse já]

Desacerto [desabafo de um...

A outra margem [restauro ...

Oportunidade

Palavras pequeninas [E cr...

O rio

Sardinheiras

No lado contrário

Gola de laço

A conversa das canções [a...

Convento de Jesus [no tem...

Água do rio

Pelo caminho [as cegonhas...

No tacho [da minha infân...

Memória

RSS

outros pontos

Admiro-me... só por olhar!

Pesquisar neste blog

 

Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

últimos comentários

Gostaria de saber se vcs mandar mudas de margarida...
A "fonte" é dada a narrativas extraordinárias...
Pois é...
Sabes uma coisa "pequenina"? Continuas a escrever ...
Por vezes, é assim...
Escrita poética Gostei.
Pois, sabe bem ler as tuas palavras... saudade.
Que lindo!! Como sempre, uma escrita deliciosa...U...
Em destaque no SAPO Blogs
pub