Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

acordar

Acordou cedo. Os olhos espreguiçaram-se vagarosamente… Amanheceram e espreitaram o reflexo da luz que entrava pela janela ainda presa a ferrolhos nocturnos. Vaguearam pelo espaço que distava entre o seu corpo e os passos dos sonhos que a acordaram. Serenou-os, deitou-os aconchegadamente na almofada de adormecer ilusões emolduradas. Da cor da claridade. Com cheiro a água fresca.

 
Acordou tarde. Sorriu. Embrulhou-se no silêncio da noite. Fechou os olhos e viu o Sol fulgurante que lhe aqueceu as cores frias da sua alma.
 
 
Acordou e escorregou pelo dia com telas clandestinas no olhar…
 
 
[fotografia AAPPL]
 

 


21 comentários:
De jabeiteslp a 1 de Abril de 2009 às 17:50

os solitários
rejuvenescidos na tua palavra
assim de encanto e magia
perdidos pela noite em mais um dia...

beijinho
e quase me revejo nas minhas sombras
por tanto e nada encontrar
parece maldição...
tu compreendes



De Paola a 1 de Abril de 2009 às 22:23
Curioso oteu olhar... Gostei... "Os Solitários"!!!

Beijo

Olha o Sol... que é real.


De jabeiteslp a 1 de Abril de 2009 às 22:48

se a minha cegueira já é
de tanto o olhar
mais me perco na solidão de encontrar...

não me perguntes o quê
que na noite fria
estrelas nos olhos por companhia
dos solitários do longo caminho
sem rumo...
beijinho


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 01:17
... se te perdes na solidão de o encontar, não o procures tanto... também ele está só... e sempre com vontade de brilhar. Imita-o!

Beijo


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 23:07
Recebi, com muito carinho, um "mimo". Agora, partilho-o contigo... leva-o para o teu cantinho... É que os amigos são um tesouro precioso...

Beijo


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 23:21
Recebi, com muito carinho, um "mimo". Agora, partilho-o contigo... leva-o para o teu cantinho... É que os amigos são um tesouro valioso ...

Beijo


De Jorge Soares a 1 de Abril de 2009 às 22:13
Falat muito para o verão?... tenho saudades de um acordar assim....

Beijinho
Jorge


De Paola a 1 de Abril de 2009 às 22:24
Amigo, o Verão vem já aí!!! Agora com as criancinhas, não sei se tens hipótese...

Beijinhos


De Jorge Soares a 1 de Abril de 2009 às 22:34
Pois..mas há sempre os 15 dias a acampar...acordar na natureza e com a natureza...e aí, até as criancinhas são outras.....



De Paola a 1 de Abril de 2009 às 22:46
Assim está bem... Mas até aposto que te vais pôr a fotografar... [eheheheh]

Beijinho


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 23:10
... porque os amigos são tesouros valiosos, entrego-te o mimo.

Beijinhos


De GMV a 2 de Abril de 2009 às 14:07
Amiga minha.... acordei há pouco, no sentido de acordar mesmo :))!

Agora, neste teu texto, apetece-me ler "acordar" como despertar para a vida, para ..., mas, se calhar, vou ter que ler, mais logo :)). O que eu gostei mesmo foi das "telas clandestinas"...

Beijo meu



De Paola a 2 de Abril de 2009 às 14:17
... e o bom do dormir é mesmo o acordar... sem tempo cruxificado... Quanto ao que escrevi, lerás o teu sentir... De noite [mesmo de dia] há galerias de telas clandestinas...

Beijo abraçado, amiga.


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 23:08
Para ti,minha amiga, entrego-te o "mimo" que agora recebi... porque os amigos são tesouros preciosos...

Beijo abraçado


De GMV a 3 de Abril de 2009 às 14:46
Mimos???? Então, são mesmo para mim! Adoro mimos!!!

Vou levá-lo para o meu Minho :))).

Beijo grande querida amiga, já com saudades


De umbreveolhar a 2 de Abril de 2009 às 21:39
Olá minha amiga,

Tens uma surpresa no meu blog, PRÉMIOS ATRIBUÍDOS, pelo que agradeço que a visualizes.
Cumprimentos,
CAB


De Paola a 2 de Abril de 2009 às 21:43
Amigo, tu mimas-me...

Obrigda

Beijo


De Alexandra a 3 de Abril de 2009 às 18:22
Lindo o teu texto, Paola, sugestiva a música que embala o teu blog...

Passa no meu cantinho, há um outro "miminho" para ti.

Bom fim-de-semana!

Beijos.


De Paola a 3 de Abril de 2009 às 18:32
Ai, ai... que bom!! Adoro miminhos. Vou já!

Obrigada, Alexandra.

Bom fim-de-semana.

Beijo doce.


De Rosa a 3 de Abril de 2009 às 18:37
deste-me vontade de ir para a cama!


De Paola a 3 de Abril de 2009 às 18:53
... e sonha muito. Mesmo "telas clandestinas"...ninguém precisa saber...

Beijinho, amiga.

Bom fim-de-semana


Comentar post

Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]

pontos recentes

Ontem [Como se fosse já]

Desacerto [desabafo de um...

A outra margem [restauro ...

Oportunidade

Palavras pequeninas [E cr...

O rio

Sardinheiras

No lado contrário

Gola de laço

A conversa das canções [a...

Convento de Jesus [no tem...

Água do rio

Pelo caminho [as cegonhas...

No tacho [da minha infân...

Memória

RSS

outros pontos

Admiro-me... só por olhar!

Pesquisar neste blog

 

Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SAPO Blogs

últimos comentários

A "fonte" é dada a narrativas extraordinárias...
Pois é...
Sabes uma coisa "pequenina"? Continuas a escrever ...
Por vezes, é assim...
Escrita poética Gostei.
Pois, sabe bem ler as tuas palavras... saudade.
Que lindo!! Como sempre, uma escrita deliciosa...U...
Bela e feliz noite de Natal Bonita
Pena que um piropo teu...não seja um bom diaaqui ...