Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ponto de admiração

ponto de admiração

12
Fev09

evolucionar

Paola

macacadas II

 

Sempre que sou presenteada com um insulto embrulhado, não gosto. Isto de ser filha de boa gente obriga à reacção. Eu sei que sou um animal. É verdade! E daí? Não gosto que mo lembrem. Animal! Depois, sorriem  num benevolente e erudito esgar, crescentando que sou racional. E que importância tem o adjectivo? Animal!?...

 
Depois, ponho-me a pensar no despropósito do epíteto. Se sobrevivo é porque me adaptei. Lutei e venci. Naturalmente. Animal, eu? Imagino que aos símios não encante a confrontação. Nem estranho que, numa estridente grincharia, recusem a humana comparação.
 
Depois, olho para trás na procura de mim. Credo! Que macacada!! E não sei qual me fez assim. E pensar que tenho vivido na fantasia de ser condição humana! Que primata me engendrou a mim?
 
Depois, desejo na vontade de querer. Que os meus filhos tenha feito ágeis e velozes, por uma questão de sobrevivência. Que os seus membros, mesmo que a outros semelhantes, os façam andar na terra. A baleia é que sabe nadar. E que se cumpra a lógica da evolução nos filhos dos meus filhos, então.
 
Animal, eu? Que seja! Assim como assim, até gosto de amendoins.  
 
 
imagem da internet
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto. [Fernando Pessoa]

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub